Back to top

Recursos Financeiros

Recursos Financeiros

Os recursos financeiros do Fundo provêm essencialmente das contribuições iniciais e periódicas das instituições participantes, bem como do rendimento da aplicação que faz desses mesmos recursos, de liberalidades e do produto das coimas aplicadas pelo Banco de Portugal às instituições de crédito suas participantes.

O Fundo aplica os seus recursos, mediante plano definido pela Comissão Diretiva do Fundo, observando critérios de prudência e privilegiando a preservação do capital investido e a liquidez dos instrumentos utilizados.

A 31 de dezembro de 2016, os recursos próprios do Fundo ascendiam a cerca de 347 milhões de euros.  

Se os recursos financeiros do Fundo se mostrarem insuficientes para o cumprimento das suas obrigações (nomeadamente, caso o valor a pagar pelo Fundo para o reembolso de depósitos de uma ou várias instituições de crédito suas participantes seja superior ao montante de recursos financeiros disponíveis), poderá o Fundo cobrar contribuições especiais às instituições participantes ou contrair empréstimos, designadamente junto de outros sistemas de garantia de depósitos, do Banco de Portugal ou do Estado.